O que é Compliance Corporativo e por que é importante

O que é Compliance Corporativo e por que é importante

Compliance corporativa deve ser uma parte essencial de suas operações comerciais, independentemente do setor.

Como sua empresa gerencia a compliance e atenua os riscos? Tomar medidas preventivas pode parecer um problema inicial, mas pode economizar custos incalculáveis ​​para a sua organização a longo prazo.

Este artigo definirá a compliance, o que isso significa para sua empresa e como você pode criar um programa de compliance bem-sucedido.

O que é compliance nos negócios?

A definição de compliance é “a ação de cumprir uma ordem” ou “o estado de cumprimento de regras ou padrões”. No mundo corporativo, é definido como o processo de garantir que sua empresa e seus funcionários sigam todas as leis, regulamentos, padrões e práticas éticas que se aplicam à sua organização e ao setor.

A compliance corporativa abrange políticas e procedimentos internos, bem como leis federais e estaduais. Aplicar a compliance ajuda sua empresa a prevenir e detectar violações de regras, o que protege sua organização de multas e processos judiciais.

O processo de compliance deve ser contínuo. Muitas organizações estabelecem um programa para controlar de forma consistente e precisa suas políticas de compliance ao longo do tempo.

O objetivo de um programa de compliance corporativa

O objetivo é proteger o seu negócio. É simples assim. Mas o retorno sobre o investimento pode ser significativo, ajudando você a evitar desperdício, fraude, abuso, discriminação e outras práticas que interrompem as operações e colocam sua empresa em risco.

Seu programa de compliance corporativa precisa ser integrado a todos os esforços de compliance em toda a empresa, desde o gerenciamento de regulamentações externas e políticas internas até o treinamento abrangente de funcionários. Certificando-se de que todos os departamentos e funcionários estão trabalhando juntos para manter os padrões, você pode reduzir o risco de grandes falhas e violações.

Um programa eficaz melhora a comunicação entre a liderança e a equipe. Deve incluir um processo para criar, atualizar, distribuir e rastrear políticas de compliance. Afinal, os funcionários não podem ser responsabilizados por regras e regulamentos que eles não sabem que existem.

Mas, uma vez que entendam as expectativas, sua equipe pode manter o foco nas metas mais amplas de sua organização e ajudar as operações a funcionar sem problemas. Além do mais, quando os funcionários são devidamente treinados nos requisitos de compliance, eles são mais propensos a reconhecer e relatar atividades ilegais ou antiéticas.

Manter a compliance prepara seus funcionários para fazer bem o seu trabalho, alcançar seus objetivos de carreira e manter os clientes satisfeitos. Por sua vez, sua empresa pode atingir seus objetivos e crescer mais rápido.

Empresários colaborando em um laptop.

No caso infeliz de sua organização enfrentar um processo judicial, seu programa de compliance corporativa ajudará no tribunal.

Como criar um programa de compliance corporativa de sucesso

Muitas poucas empresas podem procrastinar em um programa de Compliance corporativa. Portando é importantíssimo saber implementar um bom programa de compliance em sua empresa.

Seu programa deve ser cuidadosamente planejado e implementado, com programas de treinamento coincidentes para garantir que o pessoal esteja bem treinado e familiarizado em todas as áreas de Compliance.

Aqui estão algumas etapas para estabelecer ou refinar seu programa de Compliance corporativa:

Um programa de Compliance precisa de um líder

Seu programa de Compliance corporativa não funciona sozinho. Uma pessoa deve ser designada para a responsabilidade de gerenciar o programa no dia a dia.

Dependendo do tamanho da sua organização, você pode ter um ou vários responsáveis ​​pela Compliance. Independentemente disso, os responsáveis ​​pelo programa de Compliance devem ter autoridade para fazer cumprir as regras e responsabilizar os funcionários em todos os níveis.

Eles também precisam de acesso direto ao órgão de governança da empresa, que pode incluir a alta administração ou o conselho de administração.

O acesso à alta administração e à autoridade para fazer cumprir as regras é essencial quando surgem problemas de Compliance em potencial, permitindo que seus executivos respondam rapidamente.

Mas a comunicação funciona em ambos os sentidos. É importante que o corpo diretivo avalie regularmente a eficácia do programa de Compliance corporativa.

Pessoas que trabalham em um escritório aberto.

A Compliance corporativa tem tudo a ver com a  promoção de uma cultura de trabalho que valoriza a integridade e a conduta ética.

Isso começa no topo.

Para que o programa funcione, seus líderes precisam primeiro seguir as regras. Eles devem encorajar o comportamento ético e falar abertamente sobre a importância da Compliance.

Os líderes da empresa devem encorajar a opinião dos funcionários, enfatizando que eles não serão punidos por relatar comportamento ilegal ou antiético.

Quando um problema acontece em uma empresa, seus líderes devem pensar nas seguintes perguntas:

  • Como os líderes seniores, por meio de suas palavras e ações, incentivaram ou desencorajaram o tipo de conduta inadequada em questão?
  • Que ações concretas eles tomaram para demonstrar liderança nos esforços de correção e Compliance da empresa?
  • Como a empresa monitora o comportamento de sua liderança sênior? Como a liderança sênior modelou o comportamento adequado para os subordinados?

Realizar avaliações de risco

A Compliance corporativa trata do gerenciamento de riscos.

Para construir um programa eficaz, você precisa saber quais áreas de Compliance representam os maiores riscos para sua organização. Depois de identificar essas áreas, você pode concentrar seus recursos em abordá-las.

E se você quer estar preparado e conhecer mais sobre Compliance, a ABERJ tem cursos práticos para você. CLIQUE AQUI para conhecer!

Adicionar comentário

Your email address will not be published.

shares