Sobre a ABERJ

Associação do Sindicato dos Bancos do Estado do Rio de Janeiro

A ABERJ é a mais antiga entidade de classe representante do sistema financeiro, fundada pelos bancos, que tem como seu principal objetivo o aprimoramento técnico, responsabilidade que margeia sua personalidade socioeconômica, política e cultural.
Treinando pessoal a ABERJ contribui de forma decisiva para a vida econômica da sociedade. Isso porque a atividade bancária dita em grande parte o ritmo da conjuntura e a segura orientação de significativa parcela de aplicações de capital, e a formação técnica é fator imprescindível para que esse processo se desenvolva positivamente. Hoje, é notório o avanço da automação. Essa, entretanto, não prescinde o homem.

A habilitação profissional é fundamental para o perfeito funcionamento do Sistema Bancário, assim como qualquer outro segmento econômico. Desta forma, os modernos processos administrativos indicam como meta principal à promoção do capital humano. Esse é o principio que norteia a atividade da ABERJ: Sua meta é o ser humano.

Promover o capital humano é o mais importante de um balanço bancário. Para provar e garantir isso, é que foi fundada a ABERJ.

Conhecendo a história da ABERJ, sua importância e como beneficia a sociedade, os bancos reconhecem as vantagens de estarem reunidos em entidade uniformizadora de normas e procedimentos, e principalmente, de representação social. Essa é a vantagem do associativismo, pois aqui não é um banco que se manifesta, mas sim a expressão de todos.

E com essa unidade é que pretendemos dar continuidade ao trabalho, aprofundando a responsabilidade social da ABERJ seguindo a tendência dos bancos.

A ABERJ desenvolveu-se calcada na ética e transparência, cliente e consumidor, governo e sociedade, público interno e comunidade, empenhando-se em transformar idéias em efetiva ação. É o associativismo funcionando como instrumento de responsabilidade social e contribuindo decisivamente para a construção de um mundo melhor.
O SBERJ, Sindicato dos Bancos do Estado do Rio de Janeiro, é o viés jurídico do grupo, funcionando como interlocutor dos bancos e o mercado.

É no sindicato que são resolvidos: questões trabalhistas, impasses judiciais, assuntos referente segurança bancária, entre outros.

Vinculado ao Ministério do Trabalho, possui a personalidade jurídica necessária para representar os bancos em qualquer situação, quando se trata de assuntos coletivos.

Canal ágil de articulação do sistema bancário, fundamental para os Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo.

Fundado em 1934, passou a funcionar em conjunto com a ABERJ em 1997, quando juntos formaram uma solução completa para todas as necessidades dos bancos.
Contribuir para a formação do sistema financeiro nacional, com elevado padrão de qualidade, através da capacitação técnica de seus integrantes, do desenvolvimento de estudos e da organização de fóruns que promovam o aprimoramento contínuo dos associados, os representando nas questões coletivas e oferecendo a eles subsídios necessários para garantir seu funcionamento pleno, dentro da ética e do respaldo legal.
A ABERJ e o SBERJ são entidades de classe criadas com forte propósito social, que vai além de suas atribuições estatutárias com os associados.

A ABERJ foi criada para aproximar os bancos e promover o desenvolvimento técnico, cultural e social no Estado do Rio. O Sberj busca dirimir questões judiciais, criando acordos que não prejudiquem o funcionamento bancário, garantindo o atendimento da sociedade.

Na década de 60 a ABERJ já discutia temáticas inovadoras, com forte cunho social.

Fomos precursores de temas como palestras antidrogas, antitabagistas, equidade entre sexos e raças.

Sempre buscamos métodos inovadores de difusão de conhecimento, tal como ensino a distância, objetivando a criação de uma economia sólida, com oportunidades para todos.

Trabalhamos somente com parceiros éticos, nos comprometemos com as melhores soluções para problemas ambientais e cumprimos com transparência todas nossas obrigações.

Essa filosofia extrapola os limites do segmento bancário e faz com que a ABERJ/ SBERJ contribuam positivamente para a formação socioeconômica e cultural do estado, firmando nosso compromisso com a cidadania, com a moral e a ética.

Diretores

demo_image

Carlos Alberto Vieira (Banco Safra S/A)

Presidente
demo_image

Diniz Ferreira Baptista (Banco Modal S/A)

Vice-Presidente
demo_image

Humberto Pereira de Almeida (Banco Mercantil do Brasil S/A)

Vice-Presidente
demo_image

Alberto Maurício Caló (Banco Máxima S/A)

Diretor
demo_image

Osmar Sanches Biscuola (Banco Bradesco S/A)

Diretor
demo_image

Carlos Bernardo de Sá Kessler (Banco Modal S/A)

Diretor
demo_image

Enrique José Zaragoza Duena (Banco Industrial do Brasil S/A)

Diretor
demo_image

Pedro Marcelo Luzardo Alvim (Banco Modal S/A)

Diretor
demo_image

Alexandre Knust Coelho (Banco Itaú-Unibanco S/A)

Conselheiro Fiscal
demo_image

Oswaldo de Assis Filho (Banco BTG Pactual S/A)

Conselheiro Fiscal
demo_image

Pedro Aurélio Barata de Miranda Lins (Banco Guanabara S/A)

Conselheiro Fiscal
demo_image

Airton Soares Calçada (Ex-Presidente)

Conselheiro Consultivo